início /explore

Música

Pesquisa no acervo de Música

A Reserva Técnica Musical do IMS tem hoje sob sua guarda acervos de músicos e colecionadores que podem ser pesquisados através de nossa base de dados.

Outra raridade de Tinhorão

José Ramos Tinhorão descobriu em Portugal mais um pouco do Brasil: Moreira da Silva e Olga Praguer Coelho cantando no filme português 'Varanda dos rouxinóis'Mas a cópia encontrada estava sem o áudio, que foi inserido no IMS.

Pesquise no acervo de Música

Flauta de Pixinguinha

Aloysio de Alencar Pinto

Teste

Acervos musicais costumam ter basicamente dois tipos de origens: a prática musical propriamente dita, em uma ou mais das múltiplas funções que se sucedem na extensa linha de produção que ela comporta – compositor, arranjador, copista, intérprete, regente, músico acompanhador, produtor etc. – ou as atividades de pesquisa e colecionismo.

Inaugurada no início dos anos 2000, a Reserva Técnica Musical do IMS tem hoje sob sua guarda 14 acervos que contemplam essas duas vertentes: na primeira, situam-se os dos compositores Chiquinha Gonzaga, Ernesto Nazareth, Hekel Tavares, Pixinguinha (também arranjador e instrumentista) e André Filho (também cantor), os dos violonistas Antonio D’Áuria (também colecionador) e Baden Powell (também compositor), o da cantora Elizeth Cardoso e o do radialista Walter Silva; e na segunda estão as coleções dos pesquisadores José Ramos Tinhorão, Humberto Franceschi e Maria Luiza Kfouri.

A característica comum a esses conjuntos – e também o maior desafio em se lidar com eles – é a grande diversidade de suportes. Mas os materiais mais preciosos para nós, músicos, são indiscutivelmente aqueles que possibilitam o registro do fato musical propriamente dito: partituras e gravações.

Os conjuntos de partituras mais relevantes que guardamos, por serem compostos majoritariamente por manuscritos autógrafos, estão nos acervos Chiquinha Gonzaga e Pixinguinha. No primeiro, um acervo que a própria maestrina teve o cuidado de reunir por toda a vida e que, com a ajuda de seu companheiro, João Batista Lage, manteve-se bem conservado e organizado; e no segundo, uma riquíssima coleção contendo mais de 300 arranjos escritos para o programa O pessoal da Velha Guarda, comandado por Almirante no final dos anos 1940/início dos 1950 na Rádio Tupi, além de uma rica coleção de choros do passado, que muito provavelmente Pixinguinha herdou de seu pai, o também flautista Alfredo Vianna.

Outros acervos apresentam importantes conjuntos: o de José Ramos Tinhorão chega à impressionante marca dos 29.567 títulos de partituras editadas, um tesouro para pesquisadores do repertório brasileiro dos séculos XIX e XX, e o de Elizeth Cardoso reúne alguns arranjos escritos especialmente para a cantora por nomes como Léo Peracchi e Lindolfo Gaya.

Quanto à música gravada, um dos sonhos da RTM é a criação de um portal multi-institucional dedicado à recuperação da Discografia Brasileira em 78 rpm, daí as coleções desses discos terem importância especial. As principais são as de Humberto Franceschi e José Ramos Tinhorão, com cerca de seis mil exemplares cada uma, mas há menores amostragens também nos acervos Pixinguinha e Antonio D’Áuria, além das doações recebidas de diversas cidades do Brasil e das colaborações de pequenos colecionadores que nos cedem seus discos para serem aqui digitalizados.

Outros suportes, como as fitas magnéticas de rolo e cassete, contêm material não comercial – como gravações de ensaios, apresentações e programas de rádio – que representam um tesouro à parte. Elas estão presentes principalmente nos acervos Antonio D’Áuria (rodas de choro que aconteciam na casa do violonista), Elizeth Cardoso (ensaios e shows da cantora), Walter Silva (programas de rádio comandados por ele, incluindo alguns ensaios que aconteciam antes de os programas entrarem no ar) e José Ramos Tinhorão (entrevistas do jornalista com grandes nomes da música brasileira, registros de eventos e variadas manifestações musicais).

Mas há farto material para além dos suportes puramente musicais – e torna-se impossível não citar mais uma vez o acervo Tinhorão, em que, além de uma biblioteca com mais de seis mil volumes, coleções completas de revistas e diversas obras raras, há cerca de 2.600 fotografias, uma hemeroteca que reúne mais de 15 mil recortes de jornais e revistas, e centenas de documentos importantes, tudo isso focado na grande paixão do pesquisador, a cultura popular urbana. Trata-se de um conjunto de valor inestimável para a pesquisa musical e musicológica, que procuramos disponibilizar cada vez mais, valendo-nos de novos recursos que a evolução tecnológica tem criado.

Bia Paes Leme, coordenadora de Música

 

Músicos

Aloysio de Alencar Pinto

Aloysio de Alencar Pinto

André Filho

André Filho

Antonio D'Auria

Antonio D'Auria

Baden Powell

Baden Powell

Chiquinha Gonzaga

Chiquinha Gonzaga

Elizeth Cardoso

Elizeth Cardoso

Ernesto Nazareth

Ernesto Nazareth

Hekel Tavares

Hekel Tavares

Pixinguinha

Pixinguinha

Colecionadores

Ermelinda A. Paz

Ermelinda A. Paz

Humberto Franceschi

Humberto Franceschi

José Ramos Tinhorão

José Ramos Tinhorão

Maria Luiza Kfouri

Maria Luiza Kfouri

Walter Silva

Walter Silva